Terça-Feira, 2018-05-22, 08:26:12Main | Sign Up | Login

Site menu

LogIn

Biologia

Geologia

Procura

Artigos
Main » Articles » Biologia » Anatomia

Estudo mostra que também se pode morrer de coração partido

O fenómeno não é incomum e chega muitas vezes às noticias: um casal, junto há décadas, morre com poucos dias de intervalo. Como se aquele que sobrevive ao companheiro sucumbisse ao desgosto ou decidisse, voluntariamente, deixar de viver, por perder o amor de tantos anos.

Parece uma situação inexplicável e quase esotérica, mas não é o caso: investigadores dinamarqueses constataram que, afinal, também se morre de um coração partido. E o responsável pela morte é, precisamente, o músculo cardíaco.

Um grupo de cientistas descobriu, a partir da análise de dados de um milhão de pessoas - todos dinamarqueses - que existe um risco elevado de desenvolver arritmias cardíacas graves no ano a seguir à morte do companheiro. O risco é maior naqueles que têm menos de 60 anos e perdem a pessoa amada de forma inesperada.

O risco de morte é maior entre o oitavo e o décimo quarto dia após a perda do companheiro ou companheira. A situação desagrava com o passar do tempo: um ano depois do óbito, o risco de o sobrevivente do casal sofrer arritmias cardíacas passa a ser semelhante ao da população em geral.

Para mais informação consulte o site abaixo indicado.



Source: http://www.dn.pt/sociedade/interior/estudo-mostra-que-tambem-se-pode-morrer-de-coracao-partido-5112934.html
Category: Anatomia | Added by: Txigs (2016-04-06) W
Views: 117 | Rating: 0.0/0
Total comments: 0
Only registered users can add comments.
[ Sign Up | Login ]
Copyright MyCorp © 2018 | Make a free website with uCoz