Sábado, 2017-10-21, 01:09:04Main | Sign Up | Login

Site menu

LogIn

Biologia

Geologia

Procura

Artigos
Main » Articles » Geologia » Astronomia

NASA está a realizar missões para estudar as explosões do espaço magnético

   Todos os dias acontecem explosões magnéticas invisíveis ao redor da Terra, na superfície do sol e até mesmo no universo. Essas explosões, conhecidas como reconexão magnética, ocorrem quando as linhas de campo magnético se cruzam, liberando assim a energia magnética armazenada. Essas tais explosões são a "chave" de que nuvens as partículas carregadas - plasmas - são aceleradas por todo o universo. Na magnetosfera da Terra - a "gigante bolha magnética" em torno do nosso planeta - essas reconexões magnéticas podem lançar partículas carregadas em direção à Terra, provocando auroras.

   A reconexão magnética, além de empurrar em torno de nuvens de plasma, converte alguma energia magnética em calor, o que tem um efeito sobre a quantidade de energia que sobra para mover as partículas através do espaço. Um estudo recente usou observações de reconexão magnética do ARTEMIS da NASA - Aceleração, Reconexão, Turbulência e Eletrodinâmica da Interação da Lua com o Sol - para mostrar que na longa cauda da magnetosfera noturna, que se estende da Terra e do Sol, a maioria dos A energia é convertida em calor. Isso significa que os fluxos do escape - os jatos de partículas liberadas pela reconexão - têm menos energia disponível para acelerar as partículas carregadas do que se pensava anteriormente.

   Esses resultados são fundamentais para se entender como é que a reconexão magnética pode enviar partículas com zoom em direção à Terra, onde podem iniciar assim auroras e causar tempo espacial. Essas informações também fornecem informações fundamentais sobre o que impulsiona o movimento no espaço em todo o universo, muito além do espaço próximo à Terra que podemos observar com mais facilidade.

          

Nesta simulação, uma reconexão até empurra uma gota de plasma em direção à Terra. O jato soprado na direção oposta oscila devido às condições instáveis.

Créditos: Centro de Vôo Espacial Goddard da NASA / Yi-Hsin Liu / Joy Ng, produtor

Para mais informações consulte o link abaixo.



Source: https://www.nasa.gov/feature/goddard/2017/studying-magnetic-space-explosions-with-nasa-missions
Category: Astronomia | Added by: marta-sofia07 (2017-03-09)
Views: 37 | Rating: 0.0/0
Total comments: 0
Only registered users can add comments.
[ Sign Up | Login ]
Copyright MyCorp © 2017 | Make a free website with uCoz