Terça-Feira, 2019-08-20, 10:45:00Main | Sign Up | Login

Site menu

LogIn

Biologia

Geologia

Procura

Artigos
Main » Articles » Biologia » Anatomia

Cérebros e inteligência – o maior nem sempre é melhor

Cientistas estão surpresos ao descobrir que ratos e camundongos funcionam de forma semelhante em testes cognitivos, já que os camundongos tem cérebros menores do que ratos. A pesquisa pode ajudar a derrubar a ideia de que quanto maior o cérebro mais inteligente é a criatura. Uma daquelas ideias que parece fazer todo o sentido é de que quanto maior o cérebro de uma criatura, mais inteligente ela é. Embora isso seja em geral verdadeiro, as exceções estão se tornando cada vez mais comuns. Por causa dessa ideia muito aceita a maioria dos biólogos, por exemplo, suponha que os ratos com cérebros maiores, são mais espertos do que os ratos com cérebros menores. Porém, experimentos recentemente publicados por cientistas do Spring Harbor Laboratory (CSHL), estão contestando essa crença. Eles conduziram experimentos onde compararam camundongos e ratos e encontraram níveis muito semelhantes de inteligência, algo que impressionou os cientistas pois os camundongos tem cérebros menores. Os resultado encontrados nessa pesquisa que poderia ter implicações poderosas para pesquisadores que estudam comportamentos complexos e aprendizagem tanto em animais como em humanos.


Os pesquisadores foram capazes de encontrar apenas uma diferença: os ratos aprenderam um pouco mais rápido do que os camundongos. Porém, mesmo essa diferença, de acordo com Zador e Jaramillo, pode ser explicada não como uma maior inteligência dos ratos. O que ocorreria é que o treinamento ao qual os dois tipos de roedores foram submetidos foi desenvolvido especificamente para ratos, o que poderia explicar a ligeira vantagem desses.


Category: Anatomia | Added by: paloma_silva97 (2014-11-19) W
Views: 165 | Rating: 0.0/0
Total comments: 0
Only registered users can add comments.
[ Sign Up | Login ]
Copyright MyCorp © 2019 | Make a free website with uCoz